quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Vida é superação


A nossa alegria supera nossa tristeza,
nosso consolo supera nossa dor,
nossa fé supera nossa dúvida,
nossa esperança supera nosso desespero,
nosso entusiasmo supera nosso desânimo,
nosso sucesso supera nosso fracasso,
nossa coragem supera nosso medo,
nossa força supera nossa fraqueza,
nossa perseverança supera nossa inconstância,
nossa paz supera nossa guerra,
nossa luz supera nossa escuridão,
nossa voz supera nosso silêncio,
nossa paciência supera nossa impaciência,
nosso descanso supera nosso cansaço,
nosso conhecimento supera nossa ignorância,
nossa sabedoria supera nossa tolice,
nossa vitória supera nossa derrota,
nossa ação supera nosso tédio,
nosso ganho supera nossa perda,
nossa resistência supera nossa fragilidade,
nosso sorriso supera nosso choro,
nossa gratidão supera nossa ingradidão,
nossa riqueza supera nossa pobreza,
nosso sonho supera nossa realidade...
Nosso amor a Deus, ao próximo, à vida, nos faz superar tudo!
(Pr. Edilson Ramos)

domingo, 19 de agosto de 2012

Agenda da felicidade


O Sorriso
É o cartão de visita das pessoas saudáveis.
Distribua-o gentilmente.

O Diálogo

É a ponte que liga as duas margens, do eu ao tu.
Transmite-o bastante.

O Amor
É a melhor música na partitura da vida.
Sem ele, você será um(a) eterno(a) desafinado(a).

A Bondade
É a flor mais atraente do jardim de um coração bem cultivado.
Plante estas flores.

A Alegria
É o perfume gratificante, fruto do dever cumprido.
Esbanje-o, o mundo precisa dele.

A Paz na Consciência
É o melhor travesseiro para o sono da tranqüilidade.
Viva em paz consigo mesmo.

A Fé
É a bússola certa para os navios errantes, incertos, buscando as praias da eternidade.
Utilize-a sempre.

A Esperança
É o vento bom enpurrando as velas do nosso barco.
Chame-o para dentro do seu cotidiano..



quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O amor maduro




O amor maduro não é menor em intensidade. Ele é apenas mais silencioso. Não é menor em extensão. Ele é apenas mais definido, colorido e poetizado. Não carece de demonstrações: presenteia com a verdade do sentimento.

O amor maduro tem e quer problemas, sim, como tudo. Mas vive dos problemas da felicidade. Problemas da felicidade são formas trabalhosas de construir o bem e o prazer.

Na felicidade está o encontro de peles, o ficar com o gosto da boca e do cheiro, está a compreensão antecipada, a adivinhação, o presente de valor interior, a emoção vivida em conjunto, os discursos silenciosos, o prazer de conviver, o equilíbrio de carne e espírito.

O amor maduro não disputa, não cobra, pouco pergunta, menos quer saber. Teme, sim, mas não faz do temor argumento. Basta-se com a própria existência. Alimenta-se de instante presente valorizado e importante, porque redentor de todos os equívocos do passado.


O amor maduro é a valorização do melhor do outro e a relação com a parte salva de cada pessoa. Ele vive do que não morreu, mesmo tendo ficado para depois.


O amor maduro não precisa de armaduras, coices, cargos, enfeites, celofane, papel de presente, flâmulas, hinos, discursos ou medalhas: vive de uma percepção tranqüila da essência do outro.


Está relacionado com a vida e sua incompletude, por isso é pleno em cada ninharia por ele transformada em paraíso. É feito de compreensão, renda, música e mistério. É a forma sublime de ser adulto. E, (sem jogo de palavras) a forma adulta de ser sublime e ser criança.


O amor maduro, é uma relação pacificamente com o que dentro de nós não desistiu de crer, querer, sentir e esperar; do que é maior que a experiência, a dor, o cansaço e os apelos para desertar. E o sol de outono. Claro mas sem ofuscar. Suave mas definido. Discreto mas certo. Um sol que aquece até queimar.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

A estrada da vida


A vida é como uma estrada, onde viajamos com destino à perfeição. Cada pessoa percorre um caminho particular, onde o final é sempre o mesmo.
Se sua estrada é acidentada, cheia de abismos, de curvas e obstáculos, e a de outros é tranquila, reta e sem dificuldades, não inveje a estrada alheia.
Siga em frente com paciência, calma e vigilância.

Supere os obstáculos, desvie dos abismos e faça as curvas com segurança.
Lembre-se, porém, que as estradas retas e tranquilas sempre são enfadonhas e monótonas e, geralmente, os viajantes deste caminho privilegiado costumam acomodar-se.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

VIVER




Viver não é preencher o dia-a-dia...

Viver é crer em alguma coisa, é sonhar com algo belo, é acreditar e ter esperanças de que o amanhã será melhor...

Viver é nunca descansar enquanto no mundo houver ódio...

Viver é lutar sempre por um ideal, é nunca nos darmos por vencidos...

Viver é acreditar que não existe nada impossível, é lutar para realizar um sonho...
 
"Filosofia do Sucesso"
(Napoleon Hill)

Se você pensa que é um derrotado,

você será derrotado.
Se não pensar, quero a qualquer custo,
Não conseguirá nada.
Mesmo que queira vencer, mas pensa que
não vai conseguir,
A vitória não sorrirá pra você.
Se você fizer as coisas pela metade
Você será um fracassado.
Nós descobrimos neste mundo
que o sucesso começa pela intenção da gente,
e tudo se determina pelo nosso espírito.
Se você pensa que é um malogrado
você se torna como tal.
Se você almeja atingir uma posição mais elevada
Deve, antes de obter a vitória
Dotar-se da convicção de que conseguirá infalivelmente.
A luta pela vida, nem sempre é vantajosa
aos fortes, nem aos espertos
Mais cedo ou mais tarde
Quem cativa a vitória é aquele que crê plenamente:
"Eu conseguirei"

Os dez mandamentos das relações humanas


1) Fale com as pessoas. Não há nada tão agradável e animador quanto uma palavra de saudação.

2) Sorria para as pessoas. Não tem dinheiro que pague um sorriso sincero.

3) Chame as pessoas pelo nome. A música mais suave para muitos é ouvir o seu próprio nome.

4) Seja amigo e prestativo. Se você quiser ter amigos, seja você um amigo leal.

5) Fale e aja com sinceridade. Tudo quanto você fizer, faça-o com todo o prazer.

6) Interesse-se sinceramente pelos outros.
7) Seja generoso em elogiar e muito cauteloso em criticar.
8) Saiba considerar os sentimentos alheios.

9) Preocupe-se, sem exageros, com a opinião dos outros, não porque não tenhamos a nossa vontade, porém às vezes estamos laborando em engano.

10) Aquilo que realmente vale em nossa vida é aquilo que fazemos para os outros.

quarta-feira, 2 de maio de 2012



Texto de Leo Buscaglia. Retirado do livro "Vivendo, Amando e Aprendendo".

Rir é arriscar-se a parecer tolo.
Chorar é arriscar-se a parecer sentimental.
Estender a mão aos outros é arriscar-se a se envolver.
Mostrar os seus sentimentos é expor a sua humanidade.
Expor suas ideias e sonhos diante do povo é arriscar a sua perda.
Amar é arriscar-se a não ser amado.
Tentar é arriscar-se ao fracasso.
Mas os riscos têm que ser corridos, pois o maior perigo na vida é não arriscar nada.
A pessoa que não arrisca nada não faz nada, não tem nada e não é nada.
Pode evitar o sofrimento e o pesar, mas não pode aprender sentir, mudar, crescer, viver ou amar.
Acorrentado por suas certezas e vícios, é um escravo.
Sacrificou o seu maior predicado, que é a sua liberdade individual.
Só a pessoa que arrisca é livre.



Não importa com o que você esteja desapontado neste instante, se é seu estilo de vida, seu relacionamento, etc. isto já faz parte do seu passado. A estrada de sua vida ainda está para ser definida por você, é sua para formar o que você deseja ser.

Se você não está satisfeito como as coisas tem estado até este momento, há uma abundância de outras opções para você. Caso esteja desapontado como o seu progresso, isto é um sinal de que você necessita de mudança.

Recuse a deixar o seu passado "contaminar" o seu futuro. Todo dia é uma nova oportunidade. A necessidade de continuar com seus erros do passado existe apenas na sua imaginação.
Na realidade, você possui tanto potencial para o sucesso quanto a maioria das pessoas que conseguiram.

Agora mesmo, um novo você está se formando em sua vida. Este novo você é: positivo, disciplinado, apaixonado, com foco e capaz de alcançar o que imagina. O velho você pode assim desaparecer dentro de sua memória do passado. O novo você irá formar o seu futuro.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Ser Feliz é questão de escolha


“Sinto dizer que sem esforço nada vai acontecer.
Não adianta reza forte, nem macumba com 20 velas.

Se você não se decidir pelo primeiro passo, se você não sair desse quarto, nem os anjos e nem Jesus poderão te ajudar, se você não se ajudar.
Quer emagrecer? 
Caminhe todos os dias.

Pare de dizer que não tem dinheiro para a academia.

A rua é livre, de graça e está te esperando, seja noite, seja dia.

 
Quer um novo emprego?
Estude algo novo, aprenda um pouco mais do seu ofício, faça a diferença

e as empresas vão correr atrás de você!

 
Quer um novo amor?
Saia para lugares diferentes, assista a um bom filme, leia um bom livro, abra a cabeça, mude os pensamentos, e o amor vai te encontrar no metrô, no ônibus, na calçada, e em qualquer lugar, pois você será de se admirar. Pessoa que encanta só de olhar.

Quer esquecer alguém que te magoou?
Enterre as lembranças e o infeliz. Valorize-se, criatura!

Se você se valoriza, sabe quanto vale. Sabendo quanto vale não se troca por qualquer coisa.

Se alguém te deixou é porque não sabe o seu valor.

Logo, enterre a criatura no lago dos esquecidos e rumo ao novo que o novo é sempre mais gostoso.

 
Quer deixar de dever? 
Pare de comprar.

Não faça dívida para pagar dívidas. Nunca! Jamais!

Faça poupança e peça para o povo esperar. “Devo, não nego, pago quando puder.”

Assim, a cabeça fica livre e você vai trabalhar. Em breve, não terá mais nada para pagar.

 
Quer esquecer uma mágoa?
Limpe o seu coração, esvazie-se!

Quem tem equilíbrio não guarda mágoas.

Só as pessoas com problemas emocionais é que se ressentem.

Ficam guardando uma dor, alimentando como se fosse de estimação.

Busque o equilíbrio emocional. Doe-se, ame mais e tudo passa.

 
Quer viver bem?
Ame-se!

Felicidade é gratuita, não custa nada.
É fazer tudo com alegria, nos mínimos detalhes.

 
Pergunte-se e se achar resposta que te satisfaça, comece tudo de novo:
– Pra que dois celulares? Um pra cada orelha?

– Pra que três computadores, se não tem uma empresa?

– Quatro carros?

– Seis quartos, se é você e mais um ou dois?

– Quarenta pares de sapato, se tem apenas dois pés?

A vida pede muito pouco e nós precisamos de menos ainda.
Acorde enquanto é tempo e comece a mudança, antes que o tempo venha e apite o final do seu jogo.

Espero que você pelo menos tenha vencido a partida.

Seja feliz!”

Claro que cada um tem suas próprias experiências de vida. Contudo, a mensagem-chave desse texto é: pra ser feliz não precisamos de muito – desde que estejamos dispostos a investir nossas energias para conquistar aquilo que desejamos. Simples assim!

A vida é belíssima na sua simplicidade, compreenda isso. Não queira ser alguém que você não é. Aprenda a ouvir seu coração e ser fiel a você mesmo. Compreenda que ser feliz é questão de escolha, quase que um estilo de vida.
Eu escolhi ser feliz. Hoje, sempre e em qualquer circunstância. E você?
Amor, luz e consciência. Sempre.


Cíntia Michepud

terça-feira, 17 de abril de 2012

Viva com determinação


A vida melhora imensamente quando você para de deixar as coisas acontecerem e passa a fazer as coisas acontecerem.

Ao invés de ser uma vítima, seja alguém que faz.

Ao invés de procurar alguém para culpar, procure pelo que você pode fazer. Ao invés de perguntar:

“Por que isso aconteceu comigo?", pergunte "O que posso fazer?”

Estabeleça suas prioridades e concentre-se em seus objetivos.

Nenhuma situação pode lhe derrotar quando você vive com determinação. As coisas que lhe acontecem têm uma importância menor ao lado do que você pode fazer com elas.

Seu senso de direção, seu comprometimento e ação eficaz guiarão você em qualquer situação, não importa o que aconteça.

Seja responsável nos seus pensamentos, suas palavras, suas crenças, suas ações. Faça a vida acontecer e ela acontecerá para você também.

Ser Criança


Não deixe que morra em você a criança. Que vê a vida com olhos de sonhos, onde brilha a esperança e a felicidade.
Que se encanta com cada descoberta, pois o mundo é um mundo de coisas a descobrir. Que é verdadeira em seus gestos e ações. Que não teme em ser ridícula ou fazer feio, apenas age com naturalidade.
Que viaja na imaginação, com companheiros irreais e tão reais. Que consegue conversar consigo mesma, falar de seus sonhos e seus medos. Que vibra de alegria por cada vitória alcançada, mesmo que pareça pequena diante de tudo que tem por conquistar.
Que deseja ser grande e ser tanta coisa. Que ao sentir-se carente, aconchega-se no colo de alguém sem receio de não poder retribuir.
Que se sente protegido por se amado. E ama, sem medo de não ser correspondido.
Que não age com preconceito diante do diferente, pois ser diferente não é ser mais nem menos, apenas diferente. Que age com naturalidade diante da morte, pois a vida não é mais do que uma parte do caminho.
Que sorri e chora quando tem vontade, pois as emoções são para ser vividas e compartilhadas.

Ser adulto também é manter-se criança

quarta-feira, 4 de abril de 2012


Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala. Você pode não entrar e ficar observando a vida.
Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se! Mas, também, tem um preço...

São inúmeras outras portas que você descobre.

Às vezes curte-se mil e uma. O grande segredo é saber
quando e qual porta deve ser aberta. A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos. Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende.

Não existe a segurança do acerto eterno.

A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas.
E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas.
Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas.

Mas a vida também pode ser dura e severa. Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente.

É a repetição perante a criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida...

Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!"

quinta-feira, 22 de março de 2012

Você é mais...


Você é mais do que o corpo em que vive. Você é mais do que o carro que dirige. Você é mais do que o cargo em seu cartão de visitas.
Você é mais do que seu passado. Você é mais do que sua rotina diária.

Você é tudo que se atrever a imaginar, repleto de possibilidades.

Seus únicos limites são os que você mesmo se impõe.
Pense nas coisas que você pode fazer, nos lugares a que você pode ir, a pessoa que você pode ser.

Você é capaz de grandes coisas, de alegrias. Você pode amar e rir, criar e construir, pensar e escolher, sonhar e conquistar.

Agora é tempo de viver as suas possibilidades.
Imagine o poderia ser e vá atrás do que deseja.

Depressa!!!!

quarta-feira, 7 de março de 2012

A Diferença entre a Força e a coragem


É preciso ter força para ser firme, mas é preciso coragem para ser gentil.

É preciso ter força para se defender, mas é preciso coragem para baixar a guarda.

É preciso ter força para ganhar uma guerra, mas é preciso coragem para se render.

É preciso ter força para estar certo, mas é preciso coragem para ter dúvida.

É preciso ter força para manter-se em forma, mas é preciso coragem para ficar de pé.

É preciso ter força para sentir a dor de um amigo, mas é preciso coragem para sentir as próprias dores.

É preciso ter força para esconder os próprios males, mas é preciso coragem para demonstrá-los.

É preciso ter força para suportar o abuso, mas é preciso coragem para fazê-lo parar.

É preciso ter força para ficar sozinho, mas é preciso coragem para pedir apoio.

É preciso ter força para amar, mas é preciso coragem para ser amado.

É preciso ter força para sobreviver, mas é preciso coragem para viver.

Aprendi e Decidi


E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
 Decidi não esperar as oportunidades e, sim, eu mesmo buscá-las. Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
 Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
 Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
 Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz. Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de superá-las.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde. Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima e, sim, deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de "amigo".
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus poucos triunfos passados e passei a ser uma luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade. E desde aquele dia já não durmo para descansar... Simplesmente durmo para sonhar.

 
(Walt Disney)

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

MUDANÇA

Diz o ditado que "quando a gente está no caminho errado, não adianta ficar pegando atalhos". Quando seguimos por outros caminhos que não combinam com a nossa situação de vida, inevitavelmente iremos "quebrar a cara". Quando isto ocorrer, mude imediatamente. Isto significa dizer que não adianta ficar batendo cabeça com coisas que você sabe que não darão certo. Muitas vezes uma mudança de estratégia na vida da gente poderá modificar o nosso futuro e dará outro rumo para o encontro da nossa felicidade.
Mude sempre que precisar: a mudança é a única certeza estável em nossa vida. Pense nisso hoje e reformule os seus conceitos de bem viver.

A vida melhora imensamente quando você para de deixar as coisas acontecerem e passa a fazer as coisas acontecerem. Em vez de ser uma vítima, seja alguém que faz. Em vez de procurar alguém para culpar, procure pelo que você pode fazer. Em vez de perguntar "Por que isso aconteceu comigo?", pergunte "O que posso fazer?"
Estabeleça suas prioridades e concentre-se em seus objetivos. Nenhuma situação pode lhe derrotar quando você vive com determinação. As coisas que lhe acontecem têm uma importância menor do que tudo aquilo que você pode fazer a respeito.
Seu senso de direção, seu foco, seu comprometimento e sua ação eficaz guiarão você em qualquer situação, não importa o que aconteça.
Seja responsável  nos seus pensamentos, suas palavras, suas crenças, suas ações, pelas coisas que acontecem, e elas ficarão muito mais ao seu gosto.
Faça a vida acontecer e ela acontecerá para você também.

Quando


Quando amar, ame o mais profundamente que puder.
Quando falar, fale o que for realmente necessário.
Quando sorrir procure sorrir com os olhos também.
Quando inventar algo, procure pensar nas pessoas que ajudará com seu invento.
Quando pensar em desistir, lembre-se da luta que foi começar. E não desista!
Quando quiser se declarar a alguém, faça isso sem medo do que pensarão de você.
Quando sonhar, sonhe bem alto, bem longe.
Quando for partir, não diga “adeus”: diga que tudo foi maravilhoso.
Quando abraçar um amigo, abrace com todo carinho e lembre do abraço por toda a vida! Quando precisar de ajuda, não se envergonhe em pedir socorro: sua humildade vale a vitória. Quando sentir raiva de alguém, peça luz em oração para esta pessoa. Quando tentar algo de novo na vida, tente pra valer, arrisque-se e viva intensamente. Quando você precisar de um amigo, lembre-se de que os verdadeiros amigos, mesmo que não estejam aí, do seu lado, estão torcendo por você e pela sua felicidade

Os 10 Mandamentos da Boa Convivência

 
I – Tenha controle de sua língua. Sempre diga menos do que pensa. Cultive uma voz baixa e suave. A maneira como se fala muitas vezes impressiona muito mais do que aquilo que se fala.

*
II – Pense antes de fazer uma promessa e depois não dê importância ao quanto lhe custa.
*
III – Nunca deixe passar uma oportunidade para dizer uma coisa meiga e animadora a uma pessoa ou a respeito dela.
*
IV – Tenha interesse nos outros, em suas ocupações, seu bem-estar, seus lares e famílias. Seja alegre com os que riem e lamente com os que choram. Deixe cada pessoa com quem encontra, sentir que você lhe dispensa importância e atenção.
*
V – Seja alegre. Conserve para cima os cantos da boca. Esconda as suas dores, seus desapontamentos e inquietações sob um sorriso. Ria de histórias boas e aprenda a contá-las.
*
VI – Conserve a mente aberta para todas as questões da discussão. Investigue, mas não argumente. É marca de ser superior… discordar e ainda conservar a amizade.
*
VII – Deixa as suas virtudes falarem por si mesmo e recuse a falar das faltas e fraquezas dos outros. Desencoraje murmúrios. Faça uma regra de falar coisas boas aos outros.
*
VIII – Tenha cuidado com os sentimentos dos outros. Gracejos e humor não valem a pena e frequentemente magoam quando menos se espera.
*
IX – Não faça caso das observações más a seu respeito. Só viva de modo que ninguém acredite nelas. Nervosismo e indigestão são causas comuns para maledicência.
*
X – Não seja tão ansioso a respeito de seus direitos. Trabalhe, tenha paciência, conserve seu temperamento calmo, esqueça de si mesmo e receberá a sua recompensa.
******
Cirilo Veloso Moraes

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

O Desafio da Montanha


Olhe para o alto e veja sua montanha, A montanha que está aí, dentro de você.
São imensos os desafios: o medo da solidão, A desconfiança, os conflitos, a dúvida, O desconhecido, a insegurança, o compromisso, as tempestades que surgem no horizonte.
Mas em você, bem dentro de você, há forças poderosas que precisam ser despertadas.
Olhe para o alto e ouse ser aquilo que você deseja ser.
Olhe para o alto e ouse ser alguém maior do que já foi até agora.
Olhe para o alto e ouse Ter grandes esperanças acreditando poder transformar utopias em sonhos e sonhos em realidade.
Olhe para o alto e ouse fazer de cada desafio um motivo para reforçar em si o espírito de luta, garra e determinação de vencer.
Por isso, avance, esforce-se o mais que puder e, quando chegar ao topo, olhe para baixo, e sentirá a satisfação de ter a montanha a seus pés.
Terá o prazer supremo da conquista e, no coração, terá a alegria imensa de saber que outros o seguirão para escalar outras montanhas.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Os quatro compromissos


São lições importantes, em nome da consciência!

1 - SEJA IMPECÁVEL COM SUA PALAVRA
É o compromisso mais importante. É através da palavra que expressamos nosso poder criativo, quer seja através da fala ou do pensamento. É o mais poderoso instrumento que possuímos, e tanto pode ser usado para nos libertar como para nos escravizar.

O primeiro passo é ter consciência do poder da palavra. E aí então, torná-la impecável. Impecável significa "sem pecado". Bom, mas o que é pecado? Pecado é quando vamos contra a nossa natureza mais íntima, a nossa essência. Ou seja, sempre que nos julgamos, estamos pecando. Sempre que nos julgamos, nos criticamos, nos culpamos, nos condenamos, estamos pecando. E isso cria uma série de conflitos em nossa vida. E assim sem percebermos vamos nos escravizando a esses conflitos.

Se passarmos a sermos impecáveis com nossa palavra iremos, pouco a pouco, re-criar nossa vida na direção do bem, do amor, da harmonia. E nos libertar do conflito.

Esse é um compromisso difícil de assumir, pois vai contra muito do que nos ensinaram. Por isso que é fundamental, antes de tudo, acreditar no poder da palavra, pois foi esse mesmo poder, usado erradamente, que criou tanto conflito em nossa vida.

O próximo passo é assumir consigo mesmo o compromisso de sermos impecáveis com nossa palavra. Devemos observar a nós mesmos, o que dizemos, o que pensamos, e ir modificando nossa palavra. Observar a forma como falamos com nós mesmos (nosso diálogo interior) e evitar qualquer pensamento de crítica, julgamento, culpa, substituindo - os por pensamentos de apoio, afeto, confiança, aceitação. Aos poucos vamos realizando também esse processo na forma como lidamos com os outros, como falamos com eles, como pensamos sobre eles.

Ser impecável com nossa palavra é usar nossa palavra para cultivar a semente do amor que existe em nós. É só em terreno fértil que esse amor pode crescer e frutificar. lembre-se: A fala é poderosa, com construimos ou destruimos

2 - NÃO LEVE NADA PARA O LADO PESSOAL
Se você leva as coisas pro lado pessoal é porque, em algum nível, você concorda com o que está sendo dito. Nós costumamos levar as coisas pro lado pessoal devido a uma coisa chamada "importância pessoal". Achamos que tudo o que acontece a nossa volta tem a ver conosco. Será que tem mesmo? O que os outros fazem, dizem ou pensam tem a ver com a forma como os outros vêem o mundo, e não tem nada a ver com você. Já parou pra pensar nisso?

Os outros vêem o mundo baseado nos compromissos que assumiram consigo mesmos (suas crenças) e isso não tem nada a ver com você. Quando você se sente ofendido ou magoado por outra pessoa sua reação é defender seus compromissos (suas crenças) como algo certo, estabelecido, como uma "verdade", quando são apenas suas crenças. Saiba que os outros não tem nada a ver com suas crenças.

Daí tantos conflitos e tanto caos criado em nossas vidas. Eu levo tudo pro lado pessoal, e os outros também. Eu defendo meus pontos de vista e os outros defendem os pontos de vista deles.  Não deveríamos levar nada para o lado pessoal, nem as críticas e nem os elogios.

Não levar nada para o lado pessoal é viver em estado de tal amor que todo o mundo ao nosso redor é visto por esse prisma, sob o ponto de vista do AMOR. Se vejo tudo com olhos amorosos, me liberto das críticas e até dos elogios. O contrário do amor é o medo, e quanto mais medo tivermos em nós, mais levaremos as coisas para o lado pessoal, criando caos e conflito.

Escolha: quero ver o mundo com olhos medrosos? Ou quero ver o mundo com olhos amorosos? Assuma o compromisso de não levar nada para o lado pessoal, vendo tudo com olhos amorosos. Não faça do lixo alheio o seu próprio lixo.

3 - NÃO TIRE CONCLUSÕES
Temos tendência a tirar conclusões, suposições sobre tudo, a presumir verdades. É por isso que levamos tudo pro lado pessoal, porque acreditamos em nossas conclusões, em nossas "verdades", e como criamos conflito por isso...

Buscamos conclusões porque buscamos nos sentir seguros. Tiramos conclusões até de nós mesmos. De onde você acha que vem nosso autojulgamento? De nossas conclusões sobre nós mesmos! Não tirar conclusões significa viver a vida como ela é, dinâmica, viva, aberta, eternamente em movimento. Pare de presumir verdades e simplesmente viva!

Claro que você pode saber mais sobre uma pessoa ou uma situação. Nesse caso, faça perguntas, quantas achar necessário, mas nunca ache que você detém toda a verdade. Tal coisa é impossível..

4 - DÊ SEMPRE O MELHOR DE SI
Esse compromisso se refere a ação dos três compromissos anteriores. Sempre dê o seu melhor, mas lembre que esse melhor nunca será o mesmo, pois tudo sempre está mudando. Lembra quando disse que a vida é dinâmica, aberta, sempre em movimento? Pois é! Por isso, não busque aquele melhor idealizado que só existe nos filmes e que nos ensinaram (esse melhor idealizado só serve pra nos criticarmos, pois nunca conseguimos atingi-lo).

Dar o melhor de si significa não se esforçar exageradamente nem fazer corpo mole. Dê o seu melhor de cada momento, nem mais, nem menos. Quando você faz o seu melhor pode ter prazer na ação, ao invés de fazer as coisas apenas esperando resultados, apenas esperando a recompensa.

Dar o seu melhor é ser feliz desde agora!
Assim, você irá atingir um ponto em que tudo o que você faz é sempre o seu melhor. Sempre que não conseguir manter um dos compromissos anteriores, não há problema, não se julgue, não se culpe. Você deu o seu melhor, siga em frente!