quinta-feira, 19 de abril de 2012

Ser Feliz é questão de escolha


“Sinto dizer que sem esforço nada vai acontecer.
Não adianta reza forte, nem macumba com 20 velas.

Se você não se decidir pelo primeiro passo, se você não sair desse quarto, nem os anjos e nem Jesus poderão te ajudar, se você não se ajudar.
Quer emagrecer? 
Caminhe todos os dias.

Pare de dizer que não tem dinheiro para a academia.

A rua é livre, de graça e está te esperando, seja noite, seja dia.

 
Quer um novo emprego?
Estude algo novo, aprenda um pouco mais do seu ofício, faça a diferença

e as empresas vão correr atrás de você!

 
Quer um novo amor?
Saia para lugares diferentes, assista a um bom filme, leia um bom livro, abra a cabeça, mude os pensamentos, e o amor vai te encontrar no metrô, no ônibus, na calçada, e em qualquer lugar, pois você será de se admirar. Pessoa que encanta só de olhar.

Quer esquecer alguém que te magoou?
Enterre as lembranças e o infeliz. Valorize-se, criatura!

Se você se valoriza, sabe quanto vale. Sabendo quanto vale não se troca por qualquer coisa.

Se alguém te deixou é porque não sabe o seu valor.

Logo, enterre a criatura no lago dos esquecidos e rumo ao novo que o novo é sempre mais gostoso.

 
Quer deixar de dever? 
Pare de comprar.

Não faça dívida para pagar dívidas. Nunca! Jamais!

Faça poupança e peça para o povo esperar. “Devo, não nego, pago quando puder.”

Assim, a cabeça fica livre e você vai trabalhar. Em breve, não terá mais nada para pagar.

 
Quer esquecer uma mágoa?
Limpe o seu coração, esvazie-se!

Quem tem equilíbrio não guarda mágoas.

Só as pessoas com problemas emocionais é que se ressentem.

Ficam guardando uma dor, alimentando como se fosse de estimação.

Busque o equilíbrio emocional. Doe-se, ame mais e tudo passa.

 
Quer viver bem?
Ame-se!

Felicidade é gratuita, não custa nada.
É fazer tudo com alegria, nos mínimos detalhes.

 
Pergunte-se e se achar resposta que te satisfaça, comece tudo de novo:
– Pra que dois celulares? Um pra cada orelha?

– Pra que três computadores, se não tem uma empresa?

– Quatro carros?

– Seis quartos, se é você e mais um ou dois?

– Quarenta pares de sapato, se tem apenas dois pés?

A vida pede muito pouco e nós precisamos de menos ainda.
Acorde enquanto é tempo e comece a mudança, antes que o tempo venha e apite o final do seu jogo.

Espero que você pelo menos tenha vencido a partida.

Seja feliz!”

Claro que cada um tem suas próprias experiências de vida. Contudo, a mensagem-chave desse texto é: pra ser feliz não precisamos de muito – desde que estejamos dispostos a investir nossas energias para conquistar aquilo que desejamos. Simples assim!

A vida é belíssima na sua simplicidade, compreenda isso. Não queira ser alguém que você não é. Aprenda a ouvir seu coração e ser fiel a você mesmo. Compreenda que ser feliz é questão de escolha, quase que um estilo de vida.
Eu escolhi ser feliz. Hoje, sempre e em qualquer circunstância. E você?
Amor, luz e consciência. Sempre.


Cíntia Michepud

terça-feira, 17 de abril de 2012

Viva com determinação


A vida melhora imensamente quando você para de deixar as coisas acontecerem e passa a fazer as coisas acontecerem.

Ao invés de ser uma vítima, seja alguém que faz.

Ao invés de procurar alguém para culpar, procure pelo que você pode fazer. Ao invés de perguntar:

“Por que isso aconteceu comigo?", pergunte "O que posso fazer?”

Estabeleça suas prioridades e concentre-se em seus objetivos.

Nenhuma situação pode lhe derrotar quando você vive com determinação. As coisas que lhe acontecem têm uma importância menor ao lado do que você pode fazer com elas.

Seu senso de direção, seu comprometimento e ação eficaz guiarão você em qualquer situação, não importa o que aconteça.

Seja responsável nos seus pensamentos, suas palavras, suas crenças, suas ações. Faça a vida acontecer e ela acontecerá para você também.

Ser Criança


Não deixe que morra em você a criança. Que vê a vida com olhos de sonhos, onde brilha a esperança e a felicidade.
Que se encanta com cada descoberta, pois o mundo é um mundo de coisas a descobrir. Que é verdadeira em seus gestos e ações. Que não teme em ser ridícula ou fazer feio, apenas age com naturalidade.
Que viaja na imaginação, com companheiros irreais e tão reais. Que consegue conversar consigo mesma, falar de seus sonhos e seus medos. Que vibra de alegria por cada vitória alcançada, mesmo que pareça pequena diante de tudo que tem por conquistar.
Que deseja ser grande e ser tanta coisa. Que ao sentir-se carente, aconchega-se no colo de alguém sem receio de não poder retribuir.
Que se sente protegido por se amado. E ama, sem medo de não ser correspondido.
Que não age com preconceito diante do diferente, pois ser diferente não é ser mais nem menos, apenas diferente. Que age com naturalidade diante da morte, pois a vida não é mais do que uma parte do caminho.
Que sorri e chora quando tem vontade, pois as emoções são para ser vividas e compartilhadas.

Ser adulto também é manter-se criança

quarta-feira, 4 de abril de 2012


Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala. Você pode não entrar e ficar observando a vida.
Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se! Mas, também, tem um preço...

São inúmeras outras portas que você descobre.

Às vezes curte-se mil e uma. O grande segredo é saber
quando e qual porta deve ser aberta. A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos. Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende.

Não existe a segurança do acerto eterno.

A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas.
E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas.
Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas.

Mas a vida também pode ser dura e severa. Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente.

É a repetição perante a criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida...

Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!"